1855
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 23/09/2020 17:34

PM de Guaxupé registra dois casos de estelionato num só dia

Ocorrências como esta estão aumentando muito em função da audácia dos criminosos e a falta de atenção das vítimas
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis PM de Guaxupé registra dois casos de estelionato num só dia

A Polícia Militar de Guaxupé registrou, nesta terça-feira, 22 de setembro, pelo menos dois boletins de ocorrência relativos a casos de estelionato. Apesar de extremamente prejudicial, esse tipo de crime tem ocorrido com cada vez mais frequência no Município, onde pessoas de bem são facilmente enganadas por especialistas em golpes principalmente via internet.
Num dos casos, a vítima foi um homem de 31 anos, morador do Jardim Novo Horizonte, o qual negociou um empréstimo junto à empresa CACR LTDA, que ele descobriu pelo Instagram. Porém, desde as primeiras negociações até o dia de ontem, o rapaz efetuou vários depósitos em favor da falsa financeira, com a justificativa de que tratavam-se de procedimentos normais. Contudo, ele constatou ter caído num golpe após checar melhor a documentação da firma e averiguar uma série de irregularidades. Ao todo, o guaxupeano perdeu R$ 946,70 em quatro pagamentos efetuados e, depois disto, perdeu completamente o contato com a financeira fantasma.
Já no outro episódio, um casal de idosos (ele com 84 anos e ela com 81 anos), residentes na área central de Guaxupé, foi ludibriado por uma quadrilha que, primeiramente, agiu pelo telefone, por meio do qual um dos integrantes se apresentou como sendo funcionário do Bradesco e que o cartão magnético dos clientes havia sido clonado. Conforme apurado, o interlocutor enviou uma mulher à residência dos correntistas, tendo ela levado os cartões, a chave de acesso e um aparelho celular, sob o pretexto de que resolveria a situação.
Os clientes do banco, após certo período, informaram o ocorrido a uma filha, moradora de outra cidade, tendo ela suspeitado de fraude. Por orientação dela, o dono da conta corrente acionou a Polícia Militar, que compareceu à residência e registrou boletim de ocorrência. Também a família contatou a agência bancária, onde bloqueou o cartão, uma vez que ficou esclarecido que o banco não foi o responsável pelo envio da falsa funcionária. Dos fatos, não foi divulgado se os bandidos conseguiram realizar saques da conta dos idosos, que ficaram sem o telefone celular e correram outros riscos.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: jornaljogoserio@gmail.com / ojogoserio@yahoo.com.br.