1199
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 05/03/2020 18:15

Frustrados com o tratamento dado pelo Governo, professores devem manter a greve em MG

Educadores guaxupeanos participaram da vigília feita na Cidade Administrativa, em BH, nesta quinta, 5 de março
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Frustrados com o tratamento dado pelo Governo, professores devem manter a greve em MG

Professores da rede estadual de Minas Gerais que encontram-se em greve desde o dia 11 de fevereiro participaram, nesta tarde de quinta-feira, 5 de março, de reuniões com o governador Romeu Zema e dirigentes do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação - SIND-UTE/MG. Em encontros ásperos, as partes não se entenderam sobre a concessão de reajuste salarial e outros benefícios requeridos pela categoria. Sendo assim, a continuidade da paralisação escolar deve ser confirmada oficialmente nesta manhã de sexta, 6. Presentes à Capital mineira, educadores guaxupeanos frustraram-se com o que consideraram maus tratos por parte do Executivo mineiro.
Em vigília na Cidade Administrativa, representantes do Sindicato receberam um expressivo número de professores, de diferentes cidades do Estado, no dia de hoje. Já no interior da sede do Governo, professores negociaram o pagamento do piso salarial nacional, a sanção da Emenda aprovada pela Assembleia Legislativa, na semana passada (que trata exatamente da equiparação salarial), a nomeação de milhares de concursados à espera de suas vagas, entre outros benefícios. Após algumas horas, a notícia de que não houve acordo colocou fim às expectativas da multidão, que reuniu-se novamente na ALMG, onde votaram pela continuidade da greve.
O Jornal JOGO SÉRIO falou com alguns professores guaxupeanos que encontram-se em Belo Horizonte no dia de hoje. Segundo eles, quase 60% das escolas públicas estaduais estão fechadas. Apesar de entristecidos, eles endossaram a posição do SIND-UTE e votaram pela continuidade da greve até que o Governo de Minas se sensibilize. Isto, apesar de que, na opinião dos educadores, faltou até mesmo trato por parte da equipe de Romeu Zema para lidar com os professores na negociação (o JOGO SÉRIO enviou email para a comunicação social do Governo, pela segunda vez, a fim de ouvir a versão do Executivo sobre o tema em questão).
Sendo assim, uma reunião em Guaxupé deverá ocorrer por estes dias, além de que protestos na Feira Livre estão sendo agendados, com vistas à busca do apoio da população, para com a causa. No Município, desde o início dos protestos, foram suspensas as aulas nas escolas estaduais Dr. Benedito Leite Ribeiro (Ginásio), Dr. André Cortez Granero (Polivalente), Nossa Senhora Aparecida, Dona Queridinha Bias Fortes e Major Luiz Zerbini (algumas, diga-se de passagem, funcionam parcialmente, uma vez que ainda há resistentes à paralisação). - Veja, logo mais, informações mais completas e detalhadas sobre a greve dos professores em Minas Gerais. CLIQUE AQUI e veja vídeo feito na Cidade Administrativa logo após a reunião entre o SIND-UTE, professores e membros do Governo mineiro.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: jornaljogoserio@gmail.com / ojogoserio@yahoo.com.br.