169
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 06/07/2020 06:34

Violenta briga de casal termina na Delegacia e gera grande repercussão em Guaxupé

Em suas versões, a mulher alegou que o companheiro tentou matá-la com fio elétrico. Ele, no entanto, narrou que foi ela quem iniciou as agressões e inclusive teria lançado uma churrasqueira elétrica contra o namorado. O caso será investigado pelas autoridades judiciárias
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Violenta briga de casal termina na Delegacia e gera grande repercussão em Guaxupé

O empresário calçadista J. A. O., de 57 anos, e sua namorada, P. V., de 40 anos, foram detidos por policiais militares no início da madrugada deste domingo, 5 de julho, por suposta violência doméstica mútua. O fato ocorreu na casa dele, que fica no Residencial Nova Floresta, e tem causado grande repercussão nas redes sociais. Isto, primeiro por conta da gravidade com que o episódio teria se desenrolado. Depois, pela popularidade do rapaz, que diga-se de passagem lançou sua pré-candidatura a vereador pelo PSDB local.
J. A. e P. V. retornaram de uma festa de aniversário, onde ele teria, segundo ela, exagerado no consumo de bebida alcoólica, tendo isto alterado seu estado de humor. Sem nenhum motivo aparente, ele iniciou ofensas verbais contra ela e, depois disto, arrastou-a pelos cabeços, aplicou socos contra a cabeça da companheira e tentou estrangulá-la com um fio elétrico de churrasqueira. Para desvencilhar-se, a mulher mordeu num dos braços do algoz, que a soltou, quando ela conseguiu fugir da casa e acionou a PM (um vizinho, segundo ela, teria interferido da sacada de sua casa).
À Polícia, apesar da versão informada pela mulher, o suposto autor disse que ambos fizeram uso imoderado de bebida e ela teria iniciado a confusão, com uma mordida no braço dele, sem qualquer razão. J. A. revelou, ainda aos policiais, que foi P. V. quem tentou atingi-lo com uma churrasqueira elétrica e que nenhum vizinho envolveu-se na confusão. Os fatos, desta forma, foram registrados em boletim de ocorrência e serão investigados pelas autoridades judiciárias, com vistas à abertura de inquérito policial.
Ainda sobre o caso em questão, o Jornal JOGO SÉRIO obteve acesso ao BO, onde consta que ambos foram detidos em flagrante. Antes, porém, passaram por atendimentos médicos no Pronto Socorro, onde receberam tratamentos por conta de lesões leves, foram levados para a 79ª Cia. PM/MG e, depois, encaminhados à Delegacia Regional de Segurança Pública. No documento policial não constou a informação, mas dados ainda preliminares dão conta de que houve pagamento de fiança e liberação dos envolvidos em seguida.
O Jornal JOGO SÉRIO tentou contato com J. A. e P. V., mas nenhum deles retornou. O Jornal tentou também ouvir a direção do PSDB, mas ainda não obteve êxito, haja vista que nos bastidores comenta-se inclusive que a candidatura, depois do escândalo, poderá ser indeferida ainda dentro da legenda, que não realizou a convenção oficial. Veja, logo mais, outras informações sobre este polêmica.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: jornaljogoserio@gmail.com / ojogoserio@yahoo.com.br.