111
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 24/06/2019 14:46

Projeto de reposição salarial a vereadores gera protestos em Guaxupé

Parlamentares votam hoje a proposta, que visa elevar os subsídios da gestão 2021/24 de 6.273,94 para R$ 6.787,20. População, conforme protestos, é contra e sugere inclusive a redução salarial para a Câmara
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Projeto de reposição salarial a vereadores gera protestos em Guaxupé

O Decreto nº 04/2019, que "Fixa Subsídios dos Vereadores para a Legislatura 2021/24", está gerando grande proteso por parte de cidadãos em Guaxupé. Incluída na pauta da 9ª Sessão Ordinária, que acontecerá nesta segunda-feira, 24 de junho, a matéria prevê um reajuste médio de R$ 500,00 aos vencimentos dos parlamentares, mas o acréscimo só valerá para a partir do mandato 2021/24. Porém, a notícia desagrada a opinião pública, que repudia veemente a possibilidade e sugere o contrário: no entender da sociedade, a própria Câmara deveria é baixar os salários, a exemplo do que aconteceu em Arcos, cidade mineira onde o próprio Parlamento aprovou a redução, de aproximadamente R$ 6 mil para R$ 1,2 mil.
O conteúdo do projeto de lei, assinado pela Mesa Diretora, composta por Leonardo Donizetti Moraes (presidente Léo), além da vice-presidente, Luzia Angelini Silva e o 1º secretário, Donizetti Luciano dos Santos (Zettinho), indica uma reposição inflacionária 4%, aproximadamente, baseada no INPC. Sendo assim, os subsídios dos vereadores da próxima legislatura saltará de R$ 6.273,94 para R$ 6.787,20, caso a proposta seja aprovada. "Não estamos votando aumento de salário nem para nós, nem para os próximos. É só reposição mesmo! Estamos sendo coerentes com o que todos vêm recebendo. Ou seja: mantendo o salário, com a recomposição da inflação", justificou Léo, com quem o JOGO SÉRIO falou nesta manhã.

Já o povo...
A população, por outro lado, recebeu a notícia com estranheza: "Eu respeito todas as opiniões, mas acho um absurdo: De um lado, o País fazendo uma Reforma Previdenciária, e de outro, políticos tentando aumentar seus salários? Com esta crise, acho que tinha de haver é redução salarial!", comentou o auxiliar de escritório Matheus Vergani. "Na minha opinião, os vereadores deveriam mostrar o que fizeram pela população para sabermos se merecem aumento de salário", desafiou o cidadão José Aparecido Reis. "É uma brincadeira de mal gosto", considerou a dona de casa Cássia Rodrigues. (Pensamentos semelhantes, diga-se de passagem, são colhidos espontaneamente, no dia de hoje, pelas ruas e via internet).

Manifestando-se...
Entre os vereadores, via redes sociais, Maria José Cyrino Marcelino e Jorge Batista Bento da Paz (Jorginho) divulgaram ser contra o projeto da Mesa Diretora. Já Zettinho, que habitualmente defende a responsabilidade financeira da atual gestão, dona de eventuais atos de economia aos cofres públicos, chegou a discutir com o ex-presidente da Câmara, Durvalino Gôngora de Jesus (Nico), pela internet, nesta manhã: "Será que não poderiam votar um subsídio só de R$ 3 mil?", indagou Nico, que no final do mandato tentou aprovar uma Resolução com este percentual, mas foi voto vencido. "Engraçado que o senhor ficou lá vinte anos e nunca propôs nada neste sentido", rebateu Zettinho, visivelmente incomodado com a crítica do antecessor. Zettinho lembrou, ainda, que pela primeira vez o Legislativo local cria Resolução para punir vereadores faltosos com a perda de parte de seus salários.

Salário extra em dezembro...
Conforme o Projeto de Resolução, além da reposição salarial, a legislatura 2021/24 terá direito, ainda, a uma espécie de salário extra, sempre no mês de dezembro: "Anualmente, no mês de dezembro, será pago ao Vereador que, efetivamente se encontrar no exercício do mandato, parcela adicional correspondente ao valor do subsídio fixado por esse Decreto Legislativo", diz o artigo 8º. Polêmica à parte, o conteúdo será votado nesta noite de segunda, quando os vereadores se reunirão a partir das 19 horas, na sede do Legislativo. CLIQUE AQUI e acesse a íntegra do "PL dos salários dos vereadores".

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]