161
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 25/07/2019 10:11

Missa de corpo presente marca as últimas despedidas ao professor Zé Lázaro

Familiares e amigos participam da celebração, na Capela São José, que fica no interior do Unifeg
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Missa de corpo presente marca as últimas despedidas ao professor Zé Lázaro

Familiares e amigos do professor e ex-reitor das escolas da Fundação Educacional Guaxupé, José Lázaro de Souza, participaram da missa de corpo presente, ocorrida nesta quarta-feira, 24 de julho. Conforme já divulgado pelo Jornal JOGO SÉRIO, o educador encontrava-se hospitalizado em São José do Rio Pardo, no interior de São Paulo, onde fazia tratamento de saúde, tendo sido acometido por infarto e não resistido. O corpo, de acordo com a vontade do falecido, será cremado em Piracicaba, no interior de São Paulo.
A celebração, presidida pelo padre Reginaldo José da Silva, Cura da Catedral, ocorreu no início desta manhã de hoje, na Capela São José, onde foi realizado o velório, desde às 15h de ontem. Num clima de evidente tristeza e consternação, parentes, amigos e admiradores de Zé rezaram pela alma dele e confortaram aos familiares: "O professor José Lazaro foi, com certeza, o maior símbolo humano que movimentou as escolas da Fundação, devido a sua enorme bondade, generosidade e abnegação no acolhimento e convivência com todas as pessoas que vivenciaram o dia-a-dia das escolas", definiu o atual reitor do Unifeg e Colégio Dom Inácio, professor doutor Reginaldo Arthus.
Durante a madrugada, um expressivo número de pessoas passou pelo velório, onde prestou suas homenagens ao amigo que agora parte: "Eu, que sempre aprendi com o "Zé", hoje recebi outra lição, quando vi o prefeito decretar luto por três dias, além de gente importante vindo homenageá-lo. Mas, o que mais me marcou foi quando o corpo chegou e quatro andarilhos entraram chorando a morte daquele que sempre os enxergou como pessoas", testemunou Júlio César da Silva, funcionário antigo da FUNDEG.
Após a missa, padre Reginaldo teceu palavras para alicerçar aos entes queridos: "Não estamos celebrando a morte, pois nosso amigo foi para a vida eterna. Celebremos sempre a vida, pois quem tem fé não crê que tudo se acaba com a morte física. José Lázaro está, agora, na glória do Pai", ressaltou o religioso, cujas palavras intensificaram o tom de emoção no local: "Eu perco mais do que um grande amigo. Tenho meu pai biológico, a quem amo, mas hoje perco também um pai afetivo, pois isto é o que nosso amado Zé representará para mim sempre", concluiu o jornalista Marcos Emanuel, filho da empresária Estela Maia, companheira de longa data do professor José Lázaro (Marcos e sua mãe se confortaram o tempo todo).

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]