396
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 17/06/2019 12:09

Inédita, eleição no "Ginásio" ocorre aos moldes dos pleitos político-partidários

Alunos aguardam para votar. Com campanhas acirradas, pleito é disputado por dois grupos, que apresentam-se nada cordiais, tendo, inclusive, sido necessária a presença da PM no recinto, nesta manhã
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Inédita, eleição no

Ocorre nesta segunda-feira, 17 de junho, a eleição para escolha da diretoria da Escola Estadual Dr. Benedito Leite Ribeiro, que é popularmente conhecida como "Ginásio Estadual". Pela primeira vez disputado de forma bastante acirrada, o pleito conta com as participações da "Chapa 1", liderada pelo atual diretor, Ernani Torres Pereira, e da "Chapa 2", então representada pelo vice-diretor noturno, Inácio Franco. Cada qual com suas propostas, os dois grupos tentam convencer os cerca de dois mil votantes. Semelhantes às disputas eleitorais político-partidárias que elegem governantes, em geral, as campanhas dos dois times têm sido tensas, com propostas e ataques mútuos. Tanto, que até a Polícia Militar foi acionada no local, nesta manhã, para apurar denúncia de irregularidades.
A eleição foi iniciada às 8h, com as sessões eleitorais sendo utilizadas por alunos, pais de estudantes e funcionários. "O período de votação terminará às 20h de hoje, quando faremos a apuração", informou a coordenadora da Comissão Eleitoral, professora Fernanda de Melo Ruzzy, que destacou: "É uma novidade esta disputa acirrada, mas nós a recebemos com muito gosto, pois estamos exercendo a democracia, além de que esta concorrência beneficiará a escola, com as propostas de cada grupo", complementou ela.
Conforme já divulgado, a "Chapa 1" é encabeçada pelo diretor Ernani, que conta com as participações das candidatas à vice-diretoras: Neuza Madeira, Vânia Dutra e Elisângela Cristina. Já a "Chapa 2", liderada por Inácio , atual vice-diretor noturno, se completa com os professores Inácio Abrantes, Tatiana Reis e Aline Esteves. "É um ato democrático, onde todos precisam manifestar suas opiniões. É necessário, a todos, lerem as propostas de cada um. Eu mesmo havia já pedido o PDF de cada um para tirar minha própria conclusão. Acho fundamental esta difusão de ideias. Esta uma eleição bem diferente, muio interessante, pois dá para se criar ideias novas e, enfim, todo vão ganhar com isto", comentou o aluno Állan Diniz, logo após votar.

"Cordiais" adversários?
Embora educadores e todos favoráveis à paz, os grupos têm protagonizado comportamentos bastante ásperos quando falam da concorrência: "Minha chapa tem uma proposta ampla, que está disponível em nosso panfleto, feito por alunos, os quais aderiram e estão, de fato, nos apoiando. No período noturno, de fato, precisamos fazer uma remodelagem, pois não está de acordo com o que planejamentos", criticou Ernani, se referindo ao trabalho prestado por Inácio, seu opositor. Quanto ao benefício que este formato de eleição pode gerar à comundade estudantil, o diretor ressaltou: "Eles, de fato, gostam desta disputa. A democracia está aflorando na pele deles e eles estão clamando por uma administração séria, sem corrupção. Isto servirá para eles escolherem bem os seus representantes da política, aí fora", completou Ernani.
Já os desafiantes, evidentemente contrários à posição do grupo que atualmente administra o Ginásio, enfatizou: "Trabalho há oito anos como vice-diretor do noturno e sempre fiz um bom trabalho, com a ajuda de meus colegas. Há escolas onde o noturno está comprometido, mas nós temos onze salas repletas e muita procura! É um turno muito organizado, tive muitos elogios e, inclusive, a "Chapa 1" pediu que eu compusesse com ele, pois faço um bom trabalho. Mas entendo que seja a hora de mudar, pois meus vices são muito competentes", disse Inácio, que acredia em 100% de aprovação junto ao noturno. "Quando é chapa única, acabam colocando os problemas da escola para "debaixo do tapete". Sobre o noturno, somos muito questionados, mas o atual diretor, ainda é o Ernani. Então, como gestor, não acho legal ele difamar o turno, pois aqui há desde pais de famílias, empresários e albergados, pois nosso papel é acolher a todos, já que a escola é pública", complementou Aline.
Ainda sobre a eleição histórica do Ginásio Estadual, o período de votação se esgotará às 20h de hoje, quando a Comissão da Eleição fará a contagem dos votos e divulgará o nome da chapa vencedora. Dedicado ao acompanhamento dos principais episódios deste pleito, o Jornal JOGO SÉRIO divulga tudo no site www.jornaljogoserio.com.br e nas mídias sociais.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: jornaljogoserio@gmail.com / ojogoserio@yahoo.com.br.