9054
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 26/06/2017 10:35

Guimarães Rosa é o homenageado da "2ª Semana Literária Café com Letras"

A professora doutora Elisabeth Brockelmman, do Unifeg e outras instituições, abriu o evento como palestrante desta sexta, 23; Semana se estenderá até o fim de semana, com uma programação rica em cultura
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Guimarães Rosa é o homenageado da

Foi aberta nesta noite de sexta-feira, 23 de junho, no Teatro Arlete Souza Mendes, em Guaxupé, a “2ª Festa Literária Café Com Letras”, promovida pelo Grupo de Amigos da Biblioteca de Guaxupé – GRABI, em parceria com a Academia Guaxupeana Estudantil de Letras – AGELE e o Núcleo de Artesãos de Guaxupé – Arte Nossa. Composto por uma extensa programação, com riqueza em expressões artísticas e manifestações da Literatura Brasileira, o evento homenageia ao escritor João Guimarães Rosa. Na estreia, o público literalmente degustou cafés especiais, produzidos no Município; vivenciou histórias do escritor de Cordisburgo, que foram narradas pela professora doutora especialista Elisabeth Brokelmman de Faria; e compartilhou outros gestos culturais.

O “2º Café com Letras”, cujo cerimonial foi conduzido pelo artista Emerson Ricciardi, destacou uma mesa diretora simbólica com a presidente da AGELE, Maria Helena Penteado; o secretário municipal de Cultura, Marcos Alexandre Costa Buléd; e a coordenadora do Núcleo de Artesãos Artenossa de Guaxupé, Camila Lima Gabriel. Cada um deles discursou para o público presente, tendo enfatizado seus contentamentos pela produção de mais uma obra em favor da cultura, propriamente dita. Além dos três, também os acadêmicos João Víctor Giacometti e Vítor Augusto Gerônimo da Cruz tiveram papeis de destaque, tendo o primeiro recitado o texto “Ler é abrir janelas”, escrito pelo cantor Gilberto Gil, ex-ministro da Cultura; e o segundo exibindo músicas de sua autoria.

Já com relação à palestra da primeira noite, a professora Bete, docente do Unifeg e outras instituições, discorreu sobre João Guimarães, suas obras, a vida e lições do literata. Sumidade na questão, a educadora correspondeu às expectativas e deu detalhes de títulos de Rosa, externou seu fascínio pelo escritor e cativou aos presentes: “Na verdade, é bastante relevante falar sobre o Rosa, que é mineiro e estamos em Minas Gerais, sendo que não conseguimos fazer nada se não valorizarmos, primeiro, a origem. E ele foi um escritor sempre muito preocupado com Minas Gerais... com a cidade onde nasceu, que é Cordisburgo... ele sempre falou das pessoas que moram na roça, dos mineiros humildes, do campo e, acho que, hoje, quando se pensa muito em natureza, sustentabilidade, a lição dele é muito importante para nós”, disse Bete.

 

CAFÉS ESPECIAIS NO FOYER...

Além da palestra da primeira noite, o “2º Café com Letras” contou com um espaço no foyer do Teatro, onde produtores de cafés especiais expuseram seus produtos, tendo os servido aos convidados. Num ambiente mais do que agradável, o público degustou conhecimento e satisfação: “O importante é estar trazendo um café de alta qualidade para a população degustar, apreciar. É um café de torra média, muito gostoso, com aroma, doçura, acidez baixa, bastante corpo, produzido no alto da Serra da Mantiqueira, a 1.200m de altitude, de alta qualidade. A torrefação é em Guaxupé e este café você encontra facilmente em estabelecimentos comerciais da cidade”, apresentou o mestre de torra Luiz Fernando Maluf Ribeiro, do Café Jequitibá, que esteve entre os demais, participantes do evento.

 

ARTE NOSSA NA PRAÇA...

Desde a manhã deste sábado, 24 de junho, o “Núcleo de Artesãos Arte Nossa” expõe peças na Praça do Monumento ao Trabalhador, que fica em frente ao Teatro, na área central de Guaxupé. À frente da organização, a coordenadora Camila Lima Gabriel está muito feliz com a oportunidade: “Neste primeiro momento do ‘Café com Letras’, além de ajudarmos a organizar o evento, será a primeira vez que os artesãos vão expor na praça, em frente ao Teatro, depois de muito tempo. Então, é uma oportunidade para mostrarem os trabalhos à população. Além do ‘Arte  Nossa’, temos convidados que ficaram sabendo e vão expor conosco até o dia 30 de junho. Na verdade, quando pensamos na questão da valorização do artesão, estamos buscando um produto que identifique não só o ‘carro-chefe’, que é o café, mas um produto artesanal que identifique nossa cidade e região. é o momento de produzir algo criativo, que possa identificar a região. Os artesãos tiveram dois meses para produzir algo referenciado ao café, as montanhas, nosso homenageado, Guimarães Rosa”, disse Camila. 

 

ORGANIZAÇÃO FELIZ...

Entre os organizadores da “2ª Semana Literária...”, o sentimento é de alegria e comprometimento: “Nosso trabalho todo é voltado à formação de leitores. Então, quando se conjuga a Literatura com outras artes, isto chama mais a atenção dos leitores e não leitores e aguça a vontade de ler. Esperamos que se repita o evento sempre, pois é a continuidade que nos fará alcançar o objetivo. Se vermos, por exemplo, uma frase de Guimarães Rosa, isto aguça a vontade de ler e saber sobre o que está sendo falado”, disse Maria Helena. “O mais importante é cativar os jovens da Educação Infantil para mostrar este mundo, que é a imaginação. E a melhor forma de se fazer isto é a contação de histórias. E, nós, estamos recheados disto, com várias linguagens, para mostrar à criança, que ela sinta e toque no livro, pois às vezes fica-se tanto na internet que perde-se este contato”, complementou Emerson. “Conseguimos, junto a dona Maria Helena, que é da parte literária, e da Camila, do artesanato, unir duas forças da cultura de Guaxupé: o artesanato, através do café e de seus serviços prestados, e a Literatura de nossa cidade. Será uma semana muito produtiva e convidamos a todos para visitarem, pois a programação está extremamente vasta, todos os dias, até às 22 horas”, convidou o secretário Buléd. Conforme a programação, o evento se estenderá até a tarde desta sexta, 30 de junho, com atividades gerais.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]