6086
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 13/03/2020 09:15

5ª Feira do Cerrado recebe 4,4 mil visitantes e número supera todas as edições

Evento da Cooperativa Regional dos Cafeicultores em Guaxupé aconteceu nos dias 11 e 12 de março em Monte Carmelo, fomentando negócios na cafeicultura da região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis 5ª Feira do Cerrado recebe 4,4 mil visitantes e número supera todas as edições

A 5ª Feira do Cerrado da Cooxupé superou o número de público em relação às quatro edições já realizadas. Sediada, neste ano, no Núcleo da cooperativa em Monte Carmelo, nos dias 11 e 12 de março, a feira recebeu 4,4 mil visitantes (a expectativa era de 3,5 mil) e gerou mais de 1,4 mil orçamentos.

A Feira do Cerrado 2020 contou com a presença de cerca de 70 expositores que apresentaram diversas soluções e alternativas para pequenos, médios e grandes produtores de café do Triângulo Mineiro e do Alto Paranaíba, visando mais eficiência na produção e redução nos custos. Informações e conhecimentos para a gestão na propriedade também foram prioridades e disseminados durante o evento.

O Superintendente de Desenvolvimento do Cooperado da Cooxupé, José Eduardo Santos Júnior, explica que a Feira do Cerrado cumpriu com seus objetivos e que os cooperados tiveram acesso a boas oportunidades para os negócios. "Os produtores encontraram chances diferenciadas para adquirir máquinas, implementos e insumos, utilizando o modelo próprio da cooperativa em aceitar a troca de café como pagamento. Além disso, a Feira reúne diversos fornecedores, oferecendo aos cafeicultores opções sobre qual produto escolher", diz.

A cooperada Hatsuko Honda Ura, de Monte Carmelo, buscou novidades e boas oportunidades de preços para agregar valor aos equipamentos que já possui na propriedade. Confiante no sistema de troca de café oferecido pela Cooxupé, ela pesquisou sobre os tratores da LS Tractor. "A nossa moeda é o café e isso traz uma segurança", disse a produtora.

De Rio Paranaíba, Fernando Vinicius Souza, é um exemplo de sucessão familiar na cafeicultura. A família é cooperada há 26 anos e ele entrou para o quadro de cooperados da Cooxupé recentemente. Na companhia do agrônomo Bruno Anderson de Castro, conheceu a Feira do Cerrado e orçou ao menos seis equipamentos. "Estou começando a me inteirar da produção e tenho interesse em seguir no negócio. A feira ajuda a conhecer mais sobre a cafeicultura".

O presidente da cooperativa, Carlos Augusto Rodrigues de Melo, destaca que as feiras promovidas pela Cooxupé trazem aos cooperados, além de negócios, informação e novos conhecimentos. "Para que o produtor ganhe mais competitividade é preciso estar atualizado sobre tudo o que acontece em relação à cafeicultura. Por isso, neste momento que é um ponto de encontro dos cafeicultores, disponibilizamos nossos técnicos para troca de experiências. Consideramos estas interações muito importantes para a produção e gestão dos nossos cooperados", conclui.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: jornaljogoserio@gmail.com / ojogoserio@yahoo.com.br.